home CA | portal UFPEL
IAD Instituto de Artes e Design


As informações abaixo são destinadas exclusivamente aos estudantes dos cursos 5010 Cinema e Audiovisual e 5020 Cinema de Animação do Centro de Artes da Universidade Federal de Pelotas. Elas têm a função de normatizar a produção audiovisual dos estudantes realizada a partir das atividades de ensino, pesquisa e extensão propostas pelos cursos.

normas gerais de realização
(1) São pertinetes a esta normativa as atividades de ensino, pesquisa e extensão que resultem em produção audiovisual feita no âmbito dos cursos 5010 Cinema e Audiovisual e 5020 Cinema de Animação do Centro de Artes por alunos, professores e técnicos;

(2) As atividades de ensino são o principal núcleo de produção audiovisual, especialmente a partir dos trabalhos demandados pelas disciplinas, durante os períodos dos cursos. Os produtos resultantes das disciplinas dos cursos podem ter duas classificações indicadas pelo docente responsável pela demanda:
exercício, quando a atividade tiver foco no processo de aprendizagem laboratorial, e produto, quando a atividade tiver como finalidade a concepção e realização de um produto audiovisual em formatos próximos do campo do cinema e do audiovisual.

(3) Para o caso de trabalhos classificados como exercício, a realização deve ser feita, preferencialmente nos horários destinados às aulas das disciplinas e sem a necessidade de retiradas de equipamento, salvo exceções que devem ser justificadas pelo professor.

(4) Trabalhos classificados como produto deverão, obrigatoriamente, ser feitos de forma coletiva a partir do número de equipes que se formarão em cada semestre. Cada grupo, em qualquer situação, terá o número máximo de retiradas de equipamento especificado pelo professor, não podendo este número ser superior a cinco diárias durante um semestre. O número de retiradas no caso da realização de produtos da horizontalidade deve observar o máximo permitido para cada semestre, a partir do documento do fluxo prático da horizontalidade, disponível no currículo de cada curso.

(5) A UFPEL, representada pelo Colegiado dos Cursos de Cinema, reserva o direito de livre exibição para fins não comerciais e demais ações de divulgação realizadas de todas as produções pertencentes a esta normativa e poderá inscrever os produtos audiovisuais acadêmicos em festivais e mostras, quando for considerado oportuno, na categoria destinada à produção universitária, com a ciência dos estudantes.

(6) A Instituição também reserva o direito de distribuir e exibir as produções audiovisuais acadêmicas a partir do portfólio online destinado para este fim, com a ciência dos estudantes. Com a finalidade de preservar o ineditismo dos produtos audiovisuais e propiciar sua distribuição/exibição, fica estipulado o tempo de até (1) ano para que o filme esteja disponível no portfólio do curso. Este tempo pode ser reduzido com a anuência dos estudantes que realizaram o produto.
créditos das produções audiovisuais

(7) Todas as produções audiovisuais feitas no âmbito dos cursos 5010 Cinema e Audiovisual e 5020 Cinema de Animação devem conter obrigatoriamente créditos finais a partir do disposto nos itens abaixo. O uso de créditos iniciais é opcional, no entanto deve ser utilizada no início da produção a marca ou a vinheta dos cursos de cinema, dependendo do caso:

(8) Nos créditos iniciais é obrigatório para os trabalhos
considerados como exercício o uso da marca da área de cinema (PSD). Nos créditos inciais de trabalhos considerados como produto é obrigatório o uso da vinheta padrão da área de cinema (renderizada em acordo com o formato do vídeo produzido).

(9) Nos
créditos finais são obrigatórios para trabalhos considerados como exercício, nesta ordem: nome da equipe de alunos com as funções técnicas específicas, indicação das trilhas utilizadas, nome do professor orientador, nome da disciplina, mês, ano e local de realização e informações adicionais (agradecimentos, apoios, etc.). Para trabalhos considerados como produto são obrigatórios, nesta ordem: nome dos atores/participantes da produção, nomes e funções da equipe técnica, agradecimentos (opcional), indicação das trilhas utilizadas, nome do professor orientador, nome da disciplina/projeto, mês, ano, local de realização.

(10) Na última tela do filme o Colegiado dos Cursos de Cinema da UFPEL, como entidade filiada ao Fórum Brasileiro de Ensino de Cinema e Audiovisual (Forcine), sugere aos estudantes a colocação da cartela de escola filiada ao Forcine (que pode ser obtida na guia abaixo).

(11) No caso de o trabalho considerado como produto constituir horizontalidade entre as disciplinas do semestre, além do professor orientador, devem constar nos créditos os nomes de todos os professores das disciplinas participantes.

(12) Estão vetadas outras informações nos créditos que não as indicadas nos itens acima. É proibido o uso de nomes fictícios e outras formas que comprometam a credibilidade das informações sobre a produção audiovisual.

(13) O uso de marcas de apoiadores e/ou produtoras, em qualquer caso, está condicionado ao acompanhamento e a aprovação do professor orientador do trabalho e não deve sugerir propriedade exclusiva sobre os produtos audiovisuais em prejuízo aos direitos reservados aos cursos de cinema da UFPEL descritos nos itens 5 e 6 deste documento.

(14) A livre inscrição de produtos audiovisuais acadêmicos em festivais e mostras de audiovisual constitui direito e dever dos estudantes realizadores. Se o festival ou mostra restringir a inscrição de filmes a um número limitado por Instituição de Ensino, a seleção do(s) filme(s) entre as propostas interessadas será feita pelo Colegiado dos Cursos de Cinema.

(15) Os estudantes que inscreverem produtos audiovisuais em festivais e mostras, por livre iniciativa, devem (a) preservar a vinheta dos cursos de cinema na abertura dos filmes e (b) inscrever as produções tendo a cidade de Pelotas/RS como local da realização.

marcas e vinheta 10 anos Cinema UFPEL (filmes de 2017)

Utilize o links abaixo para fazer o download do padrão da marca, da vinheta e das informações. Veja antes o item acima que normatiza o uso e a ordem das assinaturas.

cartelas com selo 10 anos Cinema UFPEL em PSD para trabalhos considerados como exercício (zip com aplicações em preto e em branco):

Acesse as cartelas neste link do Google Drive e baixe os arquivos

vinheta 10 anos Cinema UFPEL para produtos audiovisuais:

Acesse a vinheta neste link do Google Drive e baixe os arquivos

ATENÇÃO:
Durante o ano de 2017 os produtos audiovisuais dos cursos de Cinema devem ser identificados com o selo 10 anos Cinema UFPEL disponível nos formatos acima, como alusão ao período. Para uso da vinheta fornecida em 1080p em outros formatos menores, os estudantes devem colocar o vídeo na escala do formato original da produção.

cartela de escola filiada ao Forcine (sugestão para os créditos finais dos produtos)
arquivo zip com cartela 1080p square (aplicação branca ou preta)


modelos de folha para storyboard adotados nas disciplinas (quadros com marcas de safe areas)
modelo storyboard maior (9 quadros por folha A4)
modelo storyboard menor (25 quadros por folha A4)

autorizações para uso de imagem, voz, trilha, locação
(16) A produção audiovisual definida como produto deverá apresentar, em qualquer caso, na data de entrega definida, a autorização do uso de imagem de todas as pessoas e locais que forem registrados na produção, assim como da trilha sonora utilizada na produção. Todas as autorizações devem ser entregues impressas e assinadas pelos respectivos autorizantes e devem ser reunidas em uma única pasta para a entrega final da produção.

(17) As gravações feitas em espaços e vias públicas devem ser feitas com o aviso aos transeuntes de que as imagens serão utilizadas para uma produção audiovisual com as especificidades de cada projeto. O aviso deve ser disposto próximo ao espaço da gravação e em um tamanho que permita ampla visibilidade. É recomendável que seja feito o registro audiovisual da existência do aviso, como documentação para o projeto.

(18) É responsabilidade dos estudantes realizadores a entrega de todas as autorizações descritas nos itens 16 e 17 ao Colegiado dos Cursos de Cinema.

Veja abaixo os modelos em formato DOC que devem ser utilizados, obrigatoriamente desta forma, para as autorizações:

direitos de imagem e voz para os personagens/atores das produções
direitos de imagem e voz para os personagens/atores menores de idade das produções
direitos de uso de locação nas produções
direitos de uso de trilha sonora nas produções
formato de entrega das produções definidas como produto
(19) O formato de entrega das produções consideradas como produto deve ser feita ao professor solicitante em uma mídia DVD. Esta mídia deverá ser gravada em forma de dados com o filme disponível conforme as especificações técnicas abaixo. Ou seja, a mídia deve conter o arquivo de vídeo (container) para ser disponibilizado no acervo dos cursos.

Veja as especificações técnicas para os arquivos de vídeo (container):
para formato 1080p (1920x1080) vídeo H.264 e áudio AAC com no mínimo 20 mbps de bitrate
para formato 720p (1280x720) H.264 e áudio AAC com no mínimo 10 mbps de bitrate
Não é possível entregar produtos audiovisuais em formatos standard (SD).

(20) A entrega deve ser feita obrigatoriamente em case/capa plástica de DVD, com capacidade para 2 discos, com a capa impressa a partir do padrão especificado. As produções devem ser entregues ao professor em duas cópias (dois DVD´s distintos no formato indicado no item 19). É possível colocar as duas mídias solicitadas na mesma capa plástica, não há necessidade de duas capas.

Padrão para a capa de DVD do acervo dos cursos (formato AI CS, pode ser aberto no Corel Draw)

(21) As mídias entregues de DVD devem estar identificadas com rótulo impresso com o nome do filme ou, no mínimo, a informação do título do filme e do ano escritas com caneta apropriada para este fim.

(22) Junto com o arquivo de vídeo (container) do produto audiovisual, deve estar gravado um arquivo em formato PDF ou DOC da ficha técnica do filme. O modelo para preenchimento da ficha técnica pode ser obtido abaixo:

Ficha técnica completa em formato DOC para entrega digital, gravada junto com o arquivo de vídeo

(23) Além das cópias, os estudantes devem entregar a autorização de exibição aos cursos para que a produção possa integrar o acervo do curso e, posteriormente, tenha a possibilidade de ser exibida no portfolio online dos Cursos de Cinema, a partir do modelo abaixo especificado:

Cessão de direitos de exibição para eventos e projetos realizados pelos cursos de cinema


(24) Se o produto audiovisual envolveu em uma de suas etapas estudantes do curso ou terceiros que não estejam em situação de avaliação (sejam atores ou técnicos) o diretor deverá solicitar ao colegiado emissão de certificado de participação. Nesta solicitação deverá constar o nome completo do participante, função desempenhada, número de horas de trabalho incluindo preparação, nome do filme e semestre de realização. O certificado pode ser solicitado pelo e-mail cinema.ufpel@gmail.com e a disponibilidade será igualmente informada por e-mail.

(25) Além do certificado, é função do diretor a entrega de uma cópia em DVD ou em outro formato para os estudantes ou terceiros que não estejam em situação de avaliação como forma de comprovação do trabalho.



conceitual design